JEEP E FIAT APRESENTAM PROBLEMAS NO CÂMBIO AUTOMÁTICO E PROCON NOTIFICA A STELLATIS

O Problema

Os automóveis Jeep e Fiat equipados com motor flex e câmbio automático tem sido alvo de reclamações pelo mesmo problema: depois de algum tempo a transmissão para de funcionar corretamente e precisa ser trocada ou consertada, em qualquer caso o serviço pode custar mais da metade do valor do carro. Devido à corrosão de uma peça chamada “Trocador de Calor” (refrigerador do óleo da transmissão), o líquido do radiador invade o câmbio e contamina o óleo.

Os Proprietários

De acordo com relatos de clientes que reclamaram com a Stellatis, proprietária das marcas Jepp e Fiat, ela não assume o reparo em veículos que tiveram a garantia expirada, mesmo sabendo que o problema é decorrente de uma falha de projeto e que todas as revisões tenham sido feitas em concessionária. Outros relatos afirmam que a empresa efetuou o conserto total ou parcial, mesmo com a garantia vencida.

A Fabricante

A empresa alegou que os alguns clientes deixaram de fazer as revisões no prazo. Em 2018 a Jeep mudou o plano de manutenção no que se refere ao fluído de arrefecimento, recomendando outro produto com especificação e concentração diferentes, além da necessidade da troca a cada dois anos.

O Procon

Em decorrência de seis reclamações relacionadas ao defeito no câmbio automático de veículos Jeep e Fiat anteriores a 2018, que seguem sem qualquer orientação nas revisões e nem mesmo no manual, o Procon notificou a Stellantis a prestar esclarecimentos sobre o problema, incluindo a necessidade de fazer um recall. O Procon também questiona os critérios para a troca do líquido utilizado no sistema de arrefecimento em modelos posteriores e as medidas que irá adotar para atender os consumidores.

A Conclusão

Segundo o Procon, mesmo que o vício seja verificado após o término da garantia e de consequência de algum problema de engenharia, projeto ou construção a empresa continuará responsável, e se for constatada negligência da empresa, ela poderá ser multada em até R$ 11 milhões. E orientam os clientes a registrarem a reclamação no Procon-SP.

Fonte: Donos de Jeep apontam falha que destrói câmbio e reparo custa fortuna (uol.com.br)

Veja as peças no vídeo:

Notícias mais recentes

UNIÃO DE PAUTAS É FORTALECIDA COM NOVO ENCONTRO DE PRESIDENTES DO SETOR AUTOMOTIVO.
19/05/2022
INCONSTITUCIONALIDADE DA VEDAÇÃO FOI A APURAÇÃO DE CRÉDITOS DE PIS/PASEP E COFINS SOBRE A AQUISIÇÃO DE INSUMOS RECICLÁVEIS.
13/05/2022
IMPACTOS SIGNIFICATIVOS DA REFORMA TRABALHISTA PARA A SOCIEDADE. POR QUE É TÃO IMPORTANTE ENTENDER A REFORMA TRABALHISTA?
11/05/2022
ENCONTRO DE PRESIDENTES DEFINE UNIÃO DE PAUTAS PARA O SETOR AUTOMOTIVO.
10/05/2022

Assine nossa newsletter

Assine nossa Newsletter e
FIQUE ATUALIZADO sobre o
Setor de Lojistas de veículos.

Não enviamos spam! Leia nossa política de privacidade para mais detalhes.