FÓRMULA 1 – O FUTURO É UM COMBUSTÍVEL EXPERIMENTAL SEM CARBONO.

Estas são semanas muito intensas para a Fórmula 1 e não apenas para a luta esportiva envolvendo Max Verstappen, Lewis Hamilton e suas respectivas equipes. Neste momento, de fato, a atividade encontra-se particularmente animada nos bastidores, onde trabalham arduamente para traçar o futuro técnico da categoria, tendo em atenção os principais eixos: eficiência, elevado desempenho e sustentabilidade.

A Fórmula 1 está trabalhando em particular na nova geração de unidades de energia que serão introduzidas em 2025, graças às quais o circo poderá dar um excelente impulso para atingir a meta de emissões zero até 2030. O passo fundamental poderia ser a introdução de um novo tipo de combustível totalmente sustentável, que já despertou grande interesse também das petroleiras envolvidas.

Primeiros passos.

Já em 2022, a Fórmula 1 usará um combustível E10, composto por 90% de combustíveis fósseis e 10% de etanol. No entanto, isso não tem nada a ver com os biocombustíveis nos quais a FIA investe somas consideráveis. O objetivo declarado é criar um combustível inovador e totalmente verde. Após o cepticismo inicial por parte de grande parte do paddock, os primeiros testes mostraram que se trata de uma estrada viável, embora particularmente exigente. Mas a Fórmula 1 sempre foi uma referência para o mundo automotivo em tudo que se refere a inovação, performance e tecnologia de ponta: a partir de agora, também pode ser no que diz respeito à sustentabilidade. A introdução de um pequeno percentual de etanol no combustível a partir do próximo ano é apenas um pequeno passo, mas o que veremos nos próximos cinco anos será totalmente novo e diferente do que estamos acostumados agora. Combustíveis sustentáveis podem ser a alternativa à eletrificação, não apenas no automobilismo.

Sustentabilidade de alto desempenho.

A Fórmula 1 tem procurado diferentes tipos de combustível há vários anos e, por um período, também foi levantada a hipótese de que mudaria para o etanol como combustível principal, seguindo o exemplo da Fórmula Indy. Na categoria americana, de fato, os carros são movidos a etanol 85%, enquanto o restante da mistura é a gasolina. No entanto, isso foi arquivado.

“O etanol não é o melhor combustível disponível para motores de alto desempenho. É por isso que optamos por tentar sintetizar um combustível de alto desempenho que, ao mesmo tempo, seja totalmente sustentável. É muito difícil, principalmente produzi-lo nas quantidades necessárias. Combustíveis com densidade de energia de 44 megajoules por quilograma são usados atualmente na F1. Os combustíveis alcoólicos, como o etanol, são significativamente menos densos em energia. Não queremos carros enormes com tanques grandes. Pelo contrário, pretendemos pequenos tanques e combustível de excelente qualidade e densidade energética. E a única solução é resumir, mesmo que não seja a coisa mais fácil de fazer.”, explica Pat Symonds, diretor técnico da Fórmula 1.

Mas como você pode queimar algo sem poluir?

“Vamos tirar CO2 da atmosfera, usá-lo e liberá-lo novamente: não haverá liberação de novo CO2 para a atmosfera. Além disso, os novos combustíveis serão compostos por resíduos urbanos ou biomassa não alimentar. A economia nas emissões de gases de efeito estufa em relação à gasolina será de pelo menos 65%.” conclui Pat Symonds.

Como a indústria automotiva poderia se beneficiar.

Por enquanto, a Fórmula 1 está trabalhando para obter um biocombustível energeticamente mais poderoso, capaz de se aproximar do atual. Só se e quando for utilizado no desporto motorizado, poderemos pensar em aumentar a sua produção e torná-lo disponível para todos os motoristas e para a indústria dos transportes em geral. Estamos apenas no começo, mas o desafio da poluição já foi lançado.

Notícias mais recentes

CÂMARA APROVA LIMITE DE ALÍQUOTA DE ICMS SOBRE COMBUSTÍVEIS E OUTROS SERVIÇOS.
26/05/2022
CAE APROVA NOVA ISENÇÃO DE IPI PARA PESSOA COM DEFICIÊNCIA COMPRAR CARRO.
24/05/2022
ROAD SHOW SINDIAUTO/ALVESP SERÁ NO DIA 02 DE JUNHO NO ESPAÇO IMMENSITÀ A PARTIR DAS 19H.
24/05/2022
A TABELA KBB BRASIL (MOLICAR) TEM O MAIOR REGISTRO DE PREÇOS DE VEÍCULOS USADOS DO PAÍS.
24/05/2022

Assine nossa newsletter

Assine nossa Newsletter e
FIQUE ATUALIZADO sobre o
Setor de Lojistas de veículos.

Não enviamos spam! Leia nossa política de privacidade para mais detalhes.